Antibiótico: Você sabe utilizá-lo de maneira correta? Confira.

Campanha de informação e educação para utilização adequada dos antibióticos.

Os antibióticos são medicamentos de prescrição médica e de acordo com a nova regulamentação da ANVISA devem ser prescritos em receitas com duas vias, sendo que uma ficará retida na farmácia. Respeite sempre a prescrição de seu médico e leia atentamente a bula, pois ela é o documento oficial que traz orientações muito importantes para o uso correto.

Posso usar o mesmo antibiótico que o médico me prescreveu antes, se eu estiver com os mesmo sintomas?

Recomenda-se retornar ao médico para que ele faça uma nova avaliação do seu quadro clínico e prescreva o tratamento adequado, que pode incluir ou não antibióticos. Quando indicado e utilizado corretamente, o antibiótico reduz a possibilidade do aparecimento do que se chama de “resistência bacteriana” – quando as bactérias criam métodos de resistência contra o antibióticos, tornando-se ineficazes.

Caso eu esteja me sentindo melhor, preciso continuar o tratamento?

Sim. Para obter os resultados esperados é indispensável tomar o antibiótico no horário correto e cumprir o período de uso determinado pelo médico. Quando você toma o antibiótico em tempo inferior ao prescrito, reduz a efetividade do tratamento e a bactéria a ser combatida pode tornar-se mais resistente.

Devo sempre tomas o antibiótico junto com alguma refeição? Tenho que tomar com Leite?

Dependo do antibiótico. Pela sempre que seu médico lhe oriente e leia a bula do medicamento, pois as recomendações podem variar muito: antes das refeições, ou depois das refeições, ou longe das refeições ( 1 hora antes ou 2 horas antes depois). Verifique sempre a recomendação da bula e siga sempre a orientação do seu médico.

Saiba mais sobre os medicamentos e seu uso.

Conheça a Cranberry: a fruta milagrosa que ajuda na prevenção da infecção urinária

Posso tomar o antibiótico junto com outros medicamentos?

Depende do antibiótico prescrito e do outro medicamento. Informe sempre ao seu médico sobre os outros medicamentos que você está utilizando. Alguns antibióticos podem comprometer o efeito de outros medicamentos, como os anticoncepcionais.  Assim como o uso de medicamentos para a digestão pode comprometer o efeito dos antibióticos. Também é importante que, depois de comprar o medicamento prescrito, você leia a bula – ela traz todas as interações medicamentosas que podem acontecer.

É necessário acordar durante a noite para tomar a dose se antibiótico?

No primeiro dia de tratamento ou ainda no consultório médico, tente regular os horários para durante o dia. Quando a posologia é de duas vezes ao dia (12/12 horas), pode-se definir os dois horários mais cômodos para a administração, como, por exemplo, 7h da manhã e 7h da noite. Quando a posologia indicada é de 3 vezes ao dia (8/8 horas), pode-se definir um horário bem cedo ( às 6h da manhã), e a partir daí definir os dois seguintes (14h e 22h).

Se eu esquecer de tomar uma dose de antíbiótico, o que faço as próximas doses?

Antes de tudo, o ideal é ser pontual sempre. O intervalo entre as doses de antibiótico é calculado para que o medicamento se mantenha em uma concentração mínima na circulação sanguínea para fazer efeito. Se você perder a hora, é provável que essa concentração fique abaixo do desejável. Caso você esqueça uma dose, tome-a assim que lembrar. Consulte a bula do medicamento ou seu médico para saber se você terá que continuar com os horários normais ou reprogramar as próximas doses.

Os antibióticos em suspensão devem ser mantidos na geladeira após abertos? Posso utilizá-los por quanto tempo?

Depende. As instruções de armazenamento e validade após abertura estão sempre especificadas nas bulas dos medicamentos. Caso tenha dúvida, consulte o Serviço de Atendimento ao Consumidor do laboratório fabricante.

Quanto tempo leva o antibiótico começar a fazer efeito?

Depende de diversos fatores. Em geral, alguns sintomas, como a febre, podem demorar até 72 horas para desaparecer de vez. No entanto, ao longo desse período, você irá observar pequenas melhoras progressivas na sensação de dor e mal-estar. Se nada estiver melhorando e/ou você observar uma piora ou aparecimento de efeitos indesejáveis, procure seu médico e entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor da empresa fabricante – que recolhe informações sobre as suspeitas de reações adversas temporariamente associadas ao uso de um medicamento, para monitorar e avaliar o perfil de segurança dos produtos.

Artigos Relacionados:

 Antibiótico: Você sabe utilizá lo de maneira correta? Confira.

Sobre a Revista Novos Hábitos

Revista Novos Hábitos publicou 462 artigos em seu portal.

A Revista Novos Hábitos é uma publicação bimestral voltada para a saúde e o bem-estar. Sua missão é levar informações interessantes e de qualidade ao seu leitor sobre como podemos levar uma vida mais saudável e prazerosa, aproveitando com isso ao máximo tudo o que a vida nos oferece.

Divulgue esse Artigo

  • Subscribe to our RSS feed
  • Share this post on Delicious
  • StumbleUpon this post
  • Share this post on Digg
  • Tweet about this post
  • Share this post on Mixx
  • Share this post on Technorati
  • Share this post on Facebook
  • Share this post on NewsVine
  • Share this post on Reddit
  • Share this post on Google
  • Share this post on LinkedIn
Nenhum comentário até o momento.

Deixe seu Comentario